domingo, 21 de novembro de 2010

Prémio Leya 2010: vencedor revelado a 30 de Novembro


O vencedor da edição de 2010 do Prémio LeYa será anunciado no dia 30 de Novembro, terça-feira, às 16h30, no edifício sede da LeYa, em Alfragide. O júri do Prémio LeYa, presidido por Manuel Alegre, reunirá nos dias 29 e 30 de Novembro, em Lisboa, a fim de deliberar sobre a obra vencedora da edição deste ano.

Foram recebidas 325 obras, provenientes, na sua grande maioria, de Portugal e Brasil, havendo também originais provenientes de países como Moçambique, Estados Unidos, Itália ou Espanha.

O júri do Prémio LeYa mantém a mesma formação dos dois últimos anos, sendo constituído por Manuel Alegre, poeta (Presidente do Júri), Carlos Heitor Cony, jornalista e escritor brasileiro, José Carlos Seabra Pereira, professor de Literatura Portuguesa, Lourenço do Rosário, reitor da Universidade Politécnica de Maputo, Nuno Júdice, poeta, Pepetela, escritor angolano, e Rita Chaves, professora de literatura e crítica brasileira.

O Prémio Leya, no valor de 100 mil euros - o mais elevado atribuído a um romance inédito de língua portuguesa - vai na sua terceira edição tendo as primeiras duas distinguido as obras “O Rastro do Jaguar”, do brasileiro Murilo Carvalho (2008) e “O Olho de Hertzog”, do moçambicano João Paulo Borges Coelho (2009), ambos publicados em Portugal e nos outros países lusófonos.
Da nossa parte, estamos participando com o romance Raptores, Príncipe Encantado, que seria (e é) o segundo episódio da série Raptores (o primeiro, uma noveleta, publicado pela Amor & Livros na antologia Beijos e Sombras, em março deste ano). Embora trate-se de uma literatura fantástica, meio chicklit, vai que uma absurda ironia do destino ocorra??? Bem, concorrendo nós estamos, então uma chance nós temos ^^ rs

4 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Santa Tranqueira Magazine